Entrar

Simulado: Lampião: 10 exercícios com gabarito - ENEM

Marque todas as questões do simulado desta página "Lampião: 10 exercícios com gabarito - ENEM" e clique no botão "Corrigir". Se preferir, baixe o PDF.


3 resolveram
77% acertos
Fácil
2 ótimo
1 bom
0 regular
0 péssimo

Quаl еrа о nоmе dе bаtіѕmо dе Lаmріãо?


Como surgiu o apelido Lampião?


(UFTM) - Adaptado

Sobre o cangaço, é correto afirmar que


(UNIFENAS) Um cangaceiro conquista o mundo

O Cangaceiro, de 1953, foi o primeiro filme brasileiro a conquistar as telas do mundo. O filme, considerado o melhor que saiu da Vera Cruz, a “Hollywood paulista” foi escrito e dirigido pelo cineasta Vitor Lima Barreto, inspirado na figura de Lampião. No Festival Internacional de Cannes, O Cangaceiro ganhou o prêmio de melhor filme de aventura e de melhor trilha sonora. Em Paris, o filme ficou seis anos em cartaz.

(O Livro dos Políticos, Heródoto Barbeiro e Bruna Cantele, Ediouro, Rio de Janeiro, 2008, p. 145)

O Cangaço foi um importante movimento social brasileiro ocorrido principalmente durante


(FAMERP) O cangaço, a Coluna Prestes e a ação de Padre Cícero Romão Batista desenvolveram-se no interior do Brasil, ao longo dos anos 1920 ou 1930.

É correto dizer que os três movimentos


(Fatec) Em CANGACEIROS E FANÁTICOS, Rui Facó registra:

"... os senhores das classes dominantes e seus porta-vozes recusavam-se a acreditar na realidade: milhares de párias do campo armados em defesa da própria sobrevivência, em luta, ainda que espontânea, não consciente, contra a monstruosa e secular opressão latifundiária e semifeudal, violando abertamente o mais sagrado de todos os privilégios estabelecidos desde o começo da colonização européia do Brasil - o monopólio da terra nas mãos de uma minoria a explorar a imensa maioria."

O texto acima, referente ao período da República Velha do Brasil, trata:


Texto associado.

O encontro de Rodolfo Cavalcante com Lampião

(Trecho de Cordel)

Foi Virgulino Ferreira

Pobre homem injustiçado

E por isto vingativo

Se tornou um acelerado,

Se a justiça fosse reta

Nem jornalista ou poeta,

O teria decantado.

(...)

Embora seja criança

Com meus 15 anos de idade

Pude ver em Lampião

Vítima da sociedade.

Talvez ele em outro meio

(Posso dizer sem receio)

Era útil à humanidade ! (...)

CAVALCANTE, Rodolfo Coelho. O encontro de Rodolfo Cavalcante com Lampião Virgulino. Salvador: [s.n.], 1973. In: CATELLI Jr, Roberto. História: texto e contexto. São Paulo: Scipione, 2006. p. 499.

Para o autor do Cordel Lampião é uma “vítima da sociedade”.

Dentro desta perspectiva histórica, o cangaço é um fenômeno social resultante


(Universidade Federal de Rondônia - UNIR 2009) O cangaço foi uma forma de banditismo social existente no Nordeste brasileiro entre o final do século XIX e o início do século XX. Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, foi o seu representante mais ilustre. Por vezes aliados dos chefes políticos locais, protegidos e autorizados a combater os inimigos, noutras vezes duramente perseguidos. Essa complexa relação explica a razão de serem lembrados como heróis em alguns lugares e como impiedosos bandidos em outros. Sobre o assunto, assinale a afirmativa correta. 


Texto associado.

No interior do Pernambuco, o culto já exige monumentos. No dia 7 de julho, quando, segundo o Registro Civil, se comemoram 100 anos do nascimento de Lampião, o município de Triunfo lançará a pedra fundamental de uma estátua de 32 metros de altura para homenageá-lo. Com o apoio do povo. Triunfo segue o exemplo da vizinha Serra Talhada, ex-Vila Bela, terra natal do cangaceiro, que, em 1991, organizou um plebiscito para saber se ele merecia uma honraria dessas. O resultado foi sim e a estátua só não existe ainda por falta de verbas.

Bem antes de morrer, Lampião já inspirava poemas, músicas e livros. Uma propaganda de remédio chegou a comparar os males que ele causava à sociedade com os distúrbios provocados pela prisão de ventre. Mas a referência ao cangaceiro como figura nociva era exceção. Em geral, ele era tratado como herói, um nobre salteador, que tomava dos ricos para dar aos pobres. Em 1931, o mais importante jornal americano, The New York Times, divulgou essa versão caridosa do criminoso.

Disponível em: super.abril.com.br/historia/cangaceiro-idolatrado. Acesso em: 21 abr. 2016

O que existe de relato sobre Lampião não menciona nenhum ato de tirar dos ricos para dar aos pobres, nenhuma dispensação de justiça. Registra batalhas, ferimentos, ataques a cidades [...], sequestros, assaltos a ricos, combates com os soldados, aventuras com mulheres, episódios de fome e de sede, mas nada que lembre Robin Hood. Pelo contrário, registra “horrores”: como Lampião assassinou um prisioneiro, embora sua mulher o tivesse resgatado, como ele massacrava trabalhadores, como torturou uma velha que o amaldiçoara (sem saber de quem se tratava), fazendo-a dançar com um pé de mandacaru até morrer [...], e incidentes semelhantes. Causar terror e ser impiedoso é um atributo mais importante para esse bandido do que ser amigo dos pobres.

HOBSBAWM, Eric. Bandidos. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1979. p. 57-58.

(FDV)

Sobre a memória do cangaceiro Lampião, os textos evidenciam que


Qual a data e local de falecimento de Lampião?


Resolver simuladosEscolaridadeQuantidade
Segundo ReinadoEnsino Médio1
CangaçoEnsino Médio1
Família Real PortuguesaEnsino Médio1
QuilombosEnsino Médio1
Era VargasEnsino Médio1
PolíticaEnsino Médio1
Inconfidência MineiraEnsino Médio1

Deixe seu comentário (0)

Participe, faça um comentário.